77 – Amigos chegados, Irmãos de Oração

Eu tenho muitos amigos, graças a Deus. Muitos são engraçados, alguns são bravos, doidinhos na forma de ser, outros nem sempre os vejo, mas sempre estão lá, seja para “jogar conversa fora” ou me apoiar, aconselhar. Quando deixamos tudo diante de Deus, Ele cuida do tudo da gente. Até de nossas amizades. Ao caminhar, encontramos diversas pessoas pelo caminho, tenho certeza que Ele envia as certas para estar do nosso lado em cada período de nossa vida. Dentre esses meus amigos, consigo perceber o cuidado do Senhor. Tenho aqueles amigos perguntadores (Ahh, o que eu seria sem eles, viu!) que muitas vezes me perguntam coisas que também tenho dúvidas e isso é maravilhoso, pois me provocam a procurar as respostas. Tenho os que me fazem chorar, de alegria, por tê-los em minha vida e sempre ter um conselho para certas situações que colocam minha paz em risco. Há aqueles com o timbre de voz lindo e incomum, que faz cada áudio do whatsapp (um apoio ou uma fala engraçada) ser tão aconchegante… Eu tenho amigos maravilhosos que me ajudam na caminhada e por eles eu estou aqui. Eles me fazem estar mais próxima de Deus, não só pelo fato de me perguntar e me provocar a encontrar respostas, fazer brincadeiras que me tiram gargalhadas ou por sempre me ajudar… não, não é apenas por estes motivos. Além de tudo isso, eles me fazem agradecer a soberania de Deus em me enviar pessoas tão únicas para caminhar lado a lado. Para estar ao meu lado.
O amigo ama em todo o tempo; e para a angústia nasce o irmão. 
Provérbios 17:17
Continue Reading

76 – Comunhão para realizar a Obra

Uma das coisas que a gente necessita avaliar a cada dia é a comunhão. O povo de Deus não é um clube, um amontoado de pessoas e muito menos é uma modinha passageira. O povo de Deus é um corpo que há membros diferentes, mas ao mesmo tempo são essenciais para o funcionamento do organismo. O capítulo 4 de Neemias (sugiro muito ler <3) fala sobre o momento que estamos vivendo e claro, fala sobre o assunto do post de hoje: comunhão. Espero mesmo que tenha a curiosidade de ler essa passagem, me fez refletir muito. E, pensando no sentido profético deste capítulo, preciso ressaltar uma parte deste texto bíblico: “Então eu disse aos nobres, aos oficiais e ao restante do povo: “A obra é grande e extensa, e estamos separados, distantes uns dos outros, ao longo do muro. Do lugar de onde ouvirem o som da trombeta, juntem-se a nós ali. Nosso Deus lutará por nós!”. O povo de Deus estava realizando uma grande obra, que muitos criticavam, zombavam e que o inimigo queria destruir. Comunhão é ter em comum, estar em comum. E se não fosse a comunhão que aquele povo tinha uns com os outros, aquela grande obra não teria sido finalizada. É essa a importância da comunhão na igreja hoje. Estamos, juntos, realizando uma grande obra, onde muita coisa tem se levantado para atrapalhar e tentar destruir o nosso trabalho, que é evangelizar sobre Cristo e testemunhar do amor Dele. Precisamos estar em comunhão porque é através dela que Deus fala, age e luta por nós. O som da trombeta, profeticamente falando, aponta para a volta do Senhor Jesus e, estando em comunhão, ouviremos, nos juntaremos e teremos Deus ao nosso lado.
Precisamos estar em comunhão para ouvir o som da trombeta.
Continue Reading

47 – Caminhos Incertos

Vivemos em cidades cheias de ruas e avenidas. Grandes ou pequenas, largas ou estreitas. Nosso dia a dia é com base nos caminhos por qual escolhemos trilhar. E por falar em escolher, já ficou com dúvidas ao estar de frente com caminhos opostos onde te levariam a destinos totalmente diferentes do que algum dia pensou? Esses caminhos incertos que muitas vezes nos parecem tentadores, podem nos levar a sonhos realizados ou até algumas tristes frustrações. Toda a nossa vida é baseada em tentativas, riscos, erros e acertos. Se está prestes a escolher um caminho, deixe a ansiedade de lado e tente imaginar sua vida, no caminho oposto. Claro, não podemos adivinhar nosso futuro. Mas podemos riscar de nossa lista imaginária, diversas situações que, com o nosso autoconhecimento, poderíamos evitar já que, certamente, não nos proporcionaria nenhuma satisfação. Bem, é difícil acertar de primeira. Mas tenha em mente se aquilo que você quer é realmente o que você precisa. Coloque Deus à frente. Consulte-o, peça sinais. E se caso sua resposta for contra, não endureça seu coração. Lembre-se que, como Ele sabe de tudo, Ele muitas vezes não te dará o que você quer, mas sim dará aquilo que você realmente precisa.
Saber que há alguém que te conhece tão bem e está pronto a ajudar é maravilhoso.
Continue Reading

06 – Meta

Você pode fazer planos, definir uma meta ou seguir um certo objetivo… Isso é até o que as pessoas fazem geralmente, mas o que torna diferente esse fato na vida de alguém? Muitas pessoas fazem planos, isso é normal. Isso, todo mundo faz. Seja diferente e faça a diferença, muitos tem metas, mas poucos realizam. É isso que torna único o fato de ter um objetivo, é o fato de correr atrás do que sonha. Só assim se tem o que merece. Poucos lutam para realizar o que um dia sonharam possuir e desta forma deixam seu precioso tempo e as oportunidades passarem e se anularem bem ali, na sua frente. E, assim seguem suas vidas, sem perceber que o tempo não volta, e as oportunidades são únicas, por mais simples que seja. Seja algo simples ou grandioso, ter uma meta é fundamental pois é isso que te fará andar com os pés no chão e, ao mesmo tempo, te incentivar a prosseguir.
Lembre-se de fazer a diferença. Ser a diferença.
Continue Reading

05 – Música

A música sempre esteve presente na minha vida. Sempre me dei bem com a melodia, aliás passar horas com um violão era pra mim um ótimo hobby. Parece que para cada momento há uma harmonia diferente, não; não penso minha vida em pequenos instantes, passando em câmera lenta com uma trilha musical tocando ao fundo não, ok?! Não mesmo. Kkkk apenas sei que a vida é como a música, há tempo com notas agudas ou graves, momentos de alegrias ou receios mas, também, há tempos de silêncio, ou seja, apenas refletir nossas próximas ações. Veja a música que toca em sua vida. Encontre e saiba distinguir em qual compasso você se encontra e, a partir daí, se o tom não estiver de acordo, faça modificações. Os arranjos que escolher aplicar podem definir diversas coisas como para onde e de que forma seguir, transformar a melodia, ou seja, dar um novo sentido a vida.
Lembre-se: a sua vida é uma música que apenas você pode compor.
Continue Reading