JOVENS: SOIS FORTES!

Dizem que a adolescência e a juventude é a parte mais complicada da vida. E como não seria, né?! Tantas coisas novas para descobrir, escolhas a se fazer, e a preocupação por um futuro que virá. E em meio a tudo isso está as ciladas, investidas e armadilhas que o inimigo está nos jogando a cada dia, de uma forma cuidadosamente pensada para que a gente se confunda com o que é errado. Mas na segunda parte do versículo 14 de 1 João a palavra nos diz: “Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes, e a palavra de Deus está em vós, e já vencestes o maligno.”. Sabemos que que as lutas virão para tentar desviar o nosso foco, mas se permanecermos firmes em Cristo teremos vitória, porque Ele é a nossa força. Hoje o mundo oferece o que chama a atenção da carne, o que é passageiro. Mas Deus nos chama para participar com ele de algo eterno e verdadeiro: a salvação. Vai valer a pena se desviar daquilo que não agrada ao Senhor. Vai valer a pena realizar a obra Dele, com todo nosso coração!

Pode parecer legal ser um jovem “vivido”, mas escolha ser um jovem habitado pelo Espírito Santo.

Continue Reading

77 – Amigos chegados, Irmãos de Oração

Eu tenho muitos amigos, graças a Deus. Muitos são engraçados, alguns são bravos, doidinhos na forma de ser, outros nem sempre os vejo, mas sempre estão lá, seja para “jogar conversa fora” ou me apoiar, aconselhar. Quando deixamos tudo diante de Deus, Ele cuida do tudo da gente. Até de nossas amizades. Ao caminhar, encontramos diversas pessoas pelo caminho, tenho certeza que Ele envia as certas para estar do nosso lado em cada período de nossa vida. Dentre esses meus amigos, consigo perceber o cuidado do Senhor. Tenho aqueles amigos perguntadores (Ahh, o que eu seria sem eles, viu!) que muitas vezes me perguntam coisas que também tenho dúvidas e isso é maravilhoso, pois me provocam a procurar as respostas. Tenho os que me fazem chorar, de alegria, por tê-los em minha vida e sempre ter um conselho para certas situações que colocam minha paz em risco. Há aqueles com o timbre de voz lindo e incomum, que faz cada áudio do whatsapp (um apoio ou uma fala engraçada) ser tão aconchegante… Eu tenho amigos maravilhosos que me ajudam na caminhada e por eles eu estou aqui. Eles me fazem estar mais próxima de Deus, não só pelo fato de me perguntar e me provocar a encontrar respostas, fazer brincadeiras que me tiram gargalhadas ou por sempre me ajudar… não, não é apenas por estes motivos. Além de tudo isso, eles me fazem agradecer a soberania de Deus em me enviar pessoas tão únicas para caminhar lado a lado. Para estar ao meu lado.
O amigo ama em todo o tempo; e para a angústia nasce o irmão. 
Provérbios 17:17
Continue Reading

76 – Comunhão para realizar a Obra

Uma das coisas que a gente necessita avaliar a cada dia é a comunhão. O povo de Deus não é um clube, um amontoado de pessoas e muito menos é uma modinha passageira. O povo de Deus é um corpo que há membros diferentes, mas ao mesmo tempo são essenciais para o funcionamento do organismo. O capítulo 4 de Neemias (sugiro muito ler <3) fala sobre o momento que estamos vivendo e claro, fala sobre o assunto do post de hoje: comunhão. Espero mesmo que tenha a curiosidade de ler essa passagem, me fez refletir muito. E, pensando no sentido profético deste capítulo, preciso ressaltar uma parte deste texto bíblico: “Então eu disse aos nobres, aos oficiais e ao restante do povo: “A obra é grande e extensa, e estamos separados, distantes uns dos outros, ao longo do muro. Do lugar de onde ouvirem o som da trombeta, juntem-se a nós ali. Nosso Deus lutará por nós!”. O povo de Deus estava realizando uma grande obra, que muitos criticavam, zombavam e que o inimigo queria destruir. Comunhão é ter em comum, estar em comum. E se não fosse a comunhão que aquele povo tinha uns com os outros, aquela grande obra não teria sido finalizada. É essa a importância da comunhão na igreja hoje. Estamos, juntos, realizando uma grande obra, onde muita coisa tem se levantado para atrapalhar e tentar destruir o nosso trabalho, que é evangelizar sobre Cristo e testemunhar do amor Dele. Precisamos estar em comunhão porque é através dela que Deus fala, age e luta por nós. O som da trombeta, profeticamente falando, aponta para a volta do Senhor Jesus e, estando em comunhão, ouviremos, nos juntaremos e teremos Deus ao nosso lado.
Precisamos estar em comunhão para ouvir o som da trombeta.
Continue Reading

54 – Nem sempre é o que se aparenta

Há uma enorme diferença entre aquilo que você é e o que veem de você. E, isso assusta. Já parou para pensar que em um simples ato de fazer algo comum, você pode ser interpretado de diversas formas? Nesse paralelo, o que nos resta fazer é usar a expressão. Mas aí volta na problemática de não ser compreendido da forma correta. E, tudo, pode virar um caos pois hoje em dia fazer certas coisas; coisas que antes eram normais e compreendidas facilmente, se tornou ambíguo, isso mesmo: ambíguo, algo que possa sugerir interpretações diferentes. Daí, eu penso: desculpa por vocês não entenderem algumas coisas que faço, sociedade, mas a culpa não é minha quando vocês deixam de interpretar corretamente o que acontece. Esse assunto parece meio confuso para você? Bem, vou dar exemplos: quem  me conhece sabe o quanto amo sorrir e distribuir sorrisos por ai… o que eu faço simplesmente por ser minha filosofia de vida, para pessoas mal intencionadas, pode dar a entender, talvez, que eu esteja dando mole para os carinhas que estão cruzando o meu caminho, ou que talvez eu seja doida (se bem que sou meio doidinha mesmo kkk). Viu como é assustador? O que pode ser algo simples se transforma, rapidamente, em algo completamente complexo, dando interpretações diferentes do que realmente é. Mas, embora devemos nos importar com o que transmitimos, não devemos deixar de viver. Eu irei distribuir sorrisos, sim. Irei tratar as pessoas com gentileza, sim. Irei dar “bom dia” ou “boa noite” aos que vejo pela frente, sim. Irei ser alegre e atenciosa, sim! Pois, bem mais que essa dúvida de ser entendida ou não, eu quero ser para os que me rodeiam o que desejo que eles sejam para mim.

Você pode ser o bem que gera um bem às outras pessoas.

Continue Reading

48 – Por que esperar?

Há pessoas que pedem tanto uma coisa pra Deus, que quando recebem, dá tudo errado. Não, não é praga jogada ou coisa assim. É uma coisa simples: falta de preparo. Olhe aí ao seu redor, olhe para os outros, olhe pra dentro de si. Pedimos tanto uma coisa e a ansiedade nos consome tão rapidamente que quando recebemos, não sabemos lidar com ela. “Ahh mas o Senhor foi que me deu, então está tudo certo, é assim mesmo…” Não, não é assim. Como já falamos, Deus muitas vezes não nos dá o que pedimos e sim o que precisamos. Mas aí eu te pergunto: a sua comunhão deixou você perceber se o que você recebeu era mesmo da parte do Senhor? Da mesma forma que há bênçãos e experiências, há provações e lutas. Deus pode provar a sua fé e, se você estiver em comunhão, entenderá o propósito disso. Mas e as lutas? Você entende que lutas são coisas totalmente diferentes das provações quando vê que suas vontades competem com os propósitos do Senhor para a sua vida. A palavra fala que a vontade do Senhor é boa, perfeita e agradável. Será que estamos enxergando a vontade do Senhor no que nos acontece? Daí a importância de esperar. Antes de aceitar o que vem em sua direção, coloque diante de Deus.
Como disse, se você estiver em comunhão, saberá o que é experiência e bênção enviada por Deus.
Continue Reading

47 – Caminhos Incertos

Vivemos em cidades cheias de ruas e avenidas. Grandes ou pequenas, largas ou estreitas. Nosso dia a dia é com base nos caminhos por qual escolhemos trilhar. E por falar em escolher, já ficou com dúvidas ao estar de frente com caminhos opostos onde te levariam a destinos totalmente diferentes do que algum dia pensou? Esses caminhos incertos que muitas vezes nos parecem tentadores, podem nos levar a sonhos realizados ou até algumas tristes frustrações. Toda a nossa vida é baseada em tentativas, riscos, erros e acertos. Se está prestes a escolher um caminho, deixe a ansiedade de lado e tente imaginar sua vida, no caminho oposto. Claro, não podemos adivinhar nosso futuro. Mas podemos riscar de nossa lista imaginária, diversas situações que, com o nosso autoconhecimento, poderíamos evitar já que, certamente, não nos proporcionaria nenhuma satisfação. Bem, é difícil acertar de primeira. Mas tenha em mente se aquilo que você quer é realmente o que você precisa. Coloque Deus à frente. Consulte-o, peça sinais. E se caso sua resposta for contra, não endureça seu coração. Lembre-se que, como Ele sabe de tudo, Ele muitas vezes não te dará o que você quer, mas sim dará aquilo que você realmente precisa.
Saber que há alguém que te conhece tão bem e está pronto a ajudar é maravilhoso.
Continue Reading

21 – Segredos

Muitas vezes guardamos certas coisas sobre a nossa vida. As vezes sobre a vida de  alguém. Outras vezes descobrimos coisas… segredos… Cada um tem o seu, talvez vários, ou até compartilham algo muito secreto com alguém de confiança. Mas o principal segredo existente é o nosso interior. Nunca ninguém saberá o que se passa no seu interior, as vezes nem a própria pessoa entende o que acontece lá dentro. Mas o que ocorre além de uma mistura de medos
e incertezas se junta a sentimentos e convicções. Daí surge seus segredos, que muitas vezes não passam de verdades que seu eu insiste em resguardar, em esconder. Em algumas ocasiões, seu eu ignora suas emoções, fazendo você afirmar, a si mesmo, ser segredos seus que devem permanecer intactos e guardados só pra você. Tudo bem ter segredos, mas cuide-se para que esses tais não se tornem sentimentos reprimidos e nem cheguem a ser lutas interiores travadas dentro de você.
Se conhecer, verdadeiramente, pode não ser a coisa mais impressionante do mundo mas é a mais necessária.
Continue Reading

19 – O desfecho

Você respira aliviado, olha para os lados e fala: “Acabou!”

Parece até um sonho quando algo complicado que parecia ser impossível, enfim, é concluído. Mas não é o ato de finalização que importa e sim o sentimento de algo ter o tão esperado desfecho. A louca, e rotineira, sensação de ter data e horário para algo ser concretizado, nos faz ter uma certa segurança por ter o controle do que acontece ao nosso redor. Mas, e se você está totalmente focado em lutar por algo que a qualquer momento possa deixar de existir? E se mudar os planos? Em alguns momentos temos que lidar com falsas ou nulas expectativas, as vezes, do dia pra noite é cancelado ou perdido algo que tínhamos convicção de possuir. Sabe, isso acontece. Aquilo em que tanto nos empenhamos, desmorona. É por isso que, quando o desfecho é realmente concluído, respiramos aliviados. Isso nos faz agradecer à Deus por mais uma conquista alcançada. O desfecho de algo pode nos trazer tranquilidade por ter algo concretizado. Mas, ainda, há desfechos que iniciam outras buscas e estes são os mais frequentes.

Há desfechos que, ao invés de conclusões, iniciam outras etapas.
Esteja preparado.
Continue Reading

15 – Mudanças

Você até pensa em novos caminhos. Imagina que tomar novas direções irá fazer tudo dar certo. Troca o estilo do seu cabelo, o de vestir e até o jeito de andar ou falar. Novas roupas, nova rotina e até novos lugares frequenta. Mas seria preciso tudo isso? E o seu interior? Você escolhe optar pelas mudanças, mas sem querer acaba reprimindo a si mesmo, se limitando a ser o que suas roupas e sua rotina permite. Se prende a ser somente aquilo que “seria de acordo” com o “seu” estilo. Então o que adianta você mudar tudo por fora, se continua o mesmo por dentro? Quer fazer o mundo lá fora feliz mas o seu interior está sofrendo sozinho e em decadência… Isso é o certo? Não. Não é o certo e nem te faz bem. Faz bem respirar novos ares, faz muito bem fazer novos planos e conhecer lugares e novas pessoas. Porém as mudanças devem vir de dentro e sem alterar sua essência.
O que adiantaria trocar a capa de um livro corroído por traças?
Continue Reading

06 – Meta

Você pode fazer planos, definir uma meta ou seguir um certo objetivo… Isso é até o que as pessoas fazem geralmente, mas o que torna diferente esse fato na vida de alguém? Muitas pessoas fazem planos, isso é normal. Isso, todo mundo faz. Seja diferente e faça a diferença, muitos tem metas, mas poucos realizam. É isso que torna único o fato de ter um objetivo, é o fato de correr atrás do que sonha. Só assim se tem o que merece. Poucos lutam para realizar o que um dia sonharam possuir e desta forma deixam seu precioso tempo e as oportunidades passarem e se anularem bem ali, na sua frente. E, assim seguem suas vidas, sem perceber que o tempo não volta, e as oportunidades são únicas, por mais simples que seja. Seja algo simples ou grandioso, ter uma meta é fundamental pois é isso que te fará andar com os pés no chão e, ao mesmo tempo, te incentivar a prosseguir.
Lembre-se de fazer a diferença. Ser a diferença.
Continue Reading