19 – O desfecho

Você respira aliviado, olha para os lados e fala: “Acabou!”

Parece até um sonho quando algo complicado que parecia ser impossível, enfim, é concluído. Mas não é o ato de finalização que importa e sim o sentimento de algo ter o tão esperado desfecho. A louca, e rotineira, sensação de ter data e horário para algo ser concretizado, nos faz ter uma certa segurança por ter o controle do que acontece ao nosso redor. Mas, e se você está totalmente focado em lutar por algo que a qualquer momento possa deixar de existir? E se mudar os planos? Em alguns momentos temos que lidar com falsas ou nulas expectativas, as vezes, do dia pra noite é cancelado ou perdido algo que tínhamos convicção de possuir. Sabe, isso acontece. Aquilo em que tanto nos empenhamos, desmorona. É por isso que, quando o desfecho é realmente concluído, respiramos aliviados. Isso nos faz agradecer à Deus por mais uma conquista alcançada. O desfecho de algo pode nos trazer tranquilidade por ter algo concretizado. Mas, ainda, há desfechos que iniciam outras buscas e estes são os mais frequentes.

Há desfechos que, ao invés de conclusões, iniciam outras etapas.
Esteja preparado.

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *